segunda-feira, 26 de abril de 2010

Memórias que fortalecem

Eu lembro a minha ultima dança. Estava só, no terraço da casa da minha tia em Brasília. Ouvia música brasileira e dançava solta, por hora exagerada. Mas dançava só e livre, longe de qualquer avaliação. Sentia um ar gelado no cerrado e podia sorrir para as estrelas. Foi um momento único e divertido.

Lembro-me dos meus saltos altos. Virtude se equilibrar em uma armação, ora fina e alta ora grossa e sempre alta. Incrível a facilidade em se equilibrar quando não precisamos lembrar esse detalhe. Não recordo a ultima vez que usei meus saltos altos, mas lembro como essa sensação era quista. Sentia-me confiante com meus pares.

Ah! Como é bom lembrar quando tocava meu cabelo e sentia os fios hidratados. E quando podia lavá-los enquanto a água escorria.  Ou mais, quando era capaz de prendê-los ou brincar com os fios enrolando-os, perdendo-me em pensamentos. Disso eu sinto falta.

Lembro de como era gostoso se jogar no sofá, balançar na rede e ficar largada na cama. Não esqueço como é pisar descalça, sentir a textura do chão, da grama molhada e do cimento quente.

Memórias que busco reviver. Detalhes que não pretendo esquecer. Ainda bem que ao longo da vida prestei atenção a sensações que são corriqueiras e que movimentos automáticos as tornam comuns.

E mais do que tudo eu me lembro dos meus últimos passos. Caminhei para o momento que deu um novo rumo a minha vida.

Hoje eu cultivo outras lembranças. Detalhes que representam conquistas.

Agora eu posso redescobrir sensações com a mesma inocência e surpresa de quando eu era um bebe como a água quente em todo o braço que se limitava ao ombro, além de tomar consciência do meu corpo e perceber do que sou capaz.

A surpresa ao sentir o quente nas mãos guardo com emoção. Enquanto o milho queimava o dedo, o cérebro reconhecia a sensação e pude me defender. A isso, eu vibrei.

Comemorei também sentir os toques nas plantas dos pés. A sensação é mais forte no pé esquerdo, mas já começo a reconhecer meus pés!

Cada dia conquisto novas lembranças: a contração do abdômen que aumenta progressivamente, uma dor (bem-vinda) no estômago e na bexiga quando apertam, a recém – descoberta sensação na coxa esquerda e sempre novos pontos de sensibilidade e dor.

Impossível lembrar quando comecei a caminhar e a memória dos meus últimos passos está guardada. Agora, o que eu jamais esquecerei é de quando eu voltar a andar. Essa sensação de vitória será a mais linda de toda minha vida.

Paz e Bem!

17 comentários:

Blog da Grazi disse...

vc tem o dom de me emocionar! Bom saber que aqui nessa casa vc sentiu-se tão bem por alguns instantes! Espero que esse terraço aki te acolha mais uma vez para uma dança, sob a luz do luar! Tb ainda quero te ver subindo as escadas, esbaforida para assistir àquele filme bacana ou ainda que possamos passar mais "reveillons" ao som de um samba autêntico, degustando akela chiboquinha! amo-te!

Gabi disse...

Linda sua descrição das sensações... antes antigas, automáticas, agora sentidas como novas e sendo mais percebidas, não é? Tenha certeza que a sua vitória ao andar, será também para nós, que te amamos, uma grande vitória! Grande beijo!

Rafaele disse...

Te amo tanto q dói...a alegria é tao imensa a cada nova conquista..vivo, vibro e choro contigo maninha...tudo q vivemos está guardado como um filme na lembrança que jamais esquecerei... Agradeço tanto ao Bom Deus por cada passo dado...choro de tanta alegria...Tudo está passando...a terra continua girando..nada é como antes... Te amo..demais...

Alivane disse...

Amiga e Irmã, que é tão amada, saiba q este dia chegará e q quando chegar sera uma grande vitoria nao so sua mas de todos, e a cada dia as suas novas conquistas sao conquitas aparentemente simples para alguns mas grandiosas para voce e para mim tambem,agradeço ao senhor Deus o quanto ele é bom por te permitir sentir todas essas sessações novamente e que cada dia q passa elas ficarao constantes e permanentes.Bju madrinha linda! Amo vc D+ !

jwll disse...

Deus eh maravilhoso, e nos proporciona momentos impares e inesqueciveis. Certamente esses velhos momentos q vc estah revivendo faz-me lembrar de Cristo ao dizer a Sua mae: "faço todas as coisas se renovarem" e Ele na sua imensa misericoria irah restabelecer tuas funcoes, mas antes eh necessario carregar esta cruz, minha amada prima... bjs

Ana Paula Cardoso disse...

Gra!!! Sempre me senti muito bem na tua casa, prima! Não era a toa que em todas as férias eu tava por lá, no "Hotel da tia Jacinta". Agora eu tenho até quarto!!! uhuu!! tb te amo, preta!

Gabi e Nane!!! Sentindo ou não, devemos prestar atenção em tudo, não é? Com muita alegria divido essa vitória que é diária! Cada avanço só é possível porque vocês acreditam e me dão força para crer! Sem Deus e sem vcs não seria possível! Amoo q amo vcs!!

Maninha!!! A tua presença nessa luta é magnífica!!! Você me fortalece, Loira!O que vivemos nos aproximou mais e tornou nossa irmandade forte! Dividir meus ganhos contigo me enobrece! Amo-te tanto que dói!

Tom!!! Mistérios da misericordia de Deus!!! É algo tão intenso experimentar esse amor que treme a alma! Mais do que carregar minha cruz, primo querido, é amá-la! Um exercicio de fé que preciso praticar sem cessar... Obrigada sempre por tudo, você é meu anjo na Terra. bjoos

Anônimo disse...

As memorias boas sao os que nos mantem vivos! Pq cada segundo que vivemos no presente passam tao rapido que ja viram memorias, nao e mesmo? Tao lindo o jeito que vc escreve!
te adoro muitao amigaaaa

Aline e Johnny

Jairo disse...

Lindo texto, moça... e sei que vc, agora, vive tb as novas sensações... a nova maneira de interagir com o mundo! Beijoss

lenir disse...

minha amada irmã em CRisto,a cada dia que vou ate vc,mesmo pela internet fico emocionada,vc tem o dom de me fazer viver mais intensamente,qdo estamos inteiros,perfeitos,sem concequençias de alguma adversidade nas nossas vidas, nos não avaliamos quão importantes são os toques,o andar,o salto alto,a dor e vc conseguiu colocar tão bem em palavras isso que me emocina demais,me fez chorar,amo vc a cada dia mais,desejo que Deus te de muitos e muitos anos de vida,para que a cada dia com sua superação vc continue com esse dom maravilhoso de se expressar e ajudar pessoas que como eu te usa como exemplo de vida ,te amoooooooooooo,bjssss

fernandakn disse...

Cada leitura uma emoção!! Vc nao faz idéia de como tem me feito bem!!Foram apenas 2 sessões (o primeiro encontro e o início de nosso plano terapeutico), mas creio q foi o suficiente para me motivar a lutar contigo..Quero sentir contigo estas memórias todas e fazer com que as minhas sejam aguçadas. Qto aprendizado!! Te adoro e força é invejável (no bom sentido).. bjao e boa semana minha linda!!

Angelica Sigarini disse...

Paulinha vc nos faz sentir pequenos diante dessa sua enorme força. Pessoa que sempre foi guerreira, desde o início qdo te conheci. Sempre brigou com unhas e dentes pelos ideais e vontades da alma. Eu guardo vc sempre assim, suas palavras me ensinam a cada dia. Me dá força para não desistir jamais...

Anônimo disse...

Amirmã (amiga+irmã) é tao bom poder ler você assim, ora relatando lembranças e ora relatando conquistas. Claro qeu as lembranças, essas serão eternas e inesquecíveis, mas as suas conquistas, essas sim, devem progredir, evoluir até um dia virar lembrança. Assim é que caminha a humanidade. Vivo...vibro e me emociono a cada consuista tua, a cada relato teu nas descrições de tuas de suas sensações, tão tuas e tão nossas. O que falar diante da atuação de Deus em tua vida...se Deus é tão maravilhoso...mas ainda és tu, que é testemunha viva e vibrante de suas grandes e milagrosas obras. Confia e o milagre acontecerá...ou melhor, está acontecendo a cada dia, a cada relato e sensação tua.

Amo vocÊ viu. E cada dia mais, confio em tua total recuperação.
Deus esteja sempre contigo.Marlucia.

Anônimo disse...

Amirmã (amiga+irmã) é tao bom poder ler você assim, ora relatando lembranças e ora relatando conquistas. Claro qeu as lembranças, essas serão eternas e inesquecíveis, mas as suas conquistas, essas sim, devem progredir, evoluir até um dia virar lembrança. Assim é que caminha a humanidade. Vivo...vibro e me emociono a cada consuista tua, a cada relato teu nas descrições de tuas de suas sensações, tão tuas e tão nossas. O que falar diante da atuação de Deus em tua vida...se Deus é tão maravilhoso...mas ainda és tu, que é testemunha viva e vibrante de suas grandes e milagrosas obras. Confia e o milagre acontecerá...ou melhor, está acontecendo a cada dia, a cada relato e sensação tua.

Amo vocÊ viu. E cada dia mais, confio em tua total recuperação.
Deus esteja sempre contigo.Marlucia.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Eduardo Jorge disse...

Que as conquistas nunca deixem de acontecer, são os meus desejos.

Fique bem.

Renata Pasini - Criações disse...

Ai eu choro, choro muito... Como é lindo ler suas postagens. Como é bom saber de sua melhora, e como é triste pensar que as vezes me queixo tanto e não sinto nem 1/3 de suas agonias. Você é tão forte tão vitoriosa, tão crente, vc me inspira, vc faz eu ver quão pequeno são os problemas perto de tudo que a vida oferece. Correr andar, dançar, o vento, o calor tudo tão simples e tão glorioso. Paulinha te admiro de mais sou sua fã numero 1. Assim que der vou te visitar, quem manda morar tão longe rsrs bjinhos... Amo ler vc.

Xavier Neto disse...

Você emociona!
Você vive!
Você é demais, mocinha!
Está na hora de pensar em escrever livros. Talento você tem! Muito!
Fica com Deus!
Torço pela sua recuperação!